quinta-feira, junho 18, 2015

Diário de uma grávida #1

Olá Frieeeeeeeeends :D
Como vocês estão?!

Ah, eu?! Eu estou beeeeem, bem grávida. Isso quer dizer que eu tô um monte de coisas ao mesmo tempo, rs.
Saudade de conversar com vocês, postar e tudo mais. Só que nos últimos dias eu fiquei meio indisposta pra fazer isso. Não que eu não goste, mas eu simplesmente...não sei o que aconteceu.

Tem tanta coisa que eu queria falar, mas não consigo reunir todas as palavras de uma maneira bacana. Será que tô perdendo o jeito? Mas vou tentar.

Bem, todo mundo já sabe que yo estoy "gravidhjenha"!
Mas foi a única coisa sobre esse assunto que eu disse pra vocês, ultimamente que tenho compartilhado um pouco dos meus enjôos, das minhas crises de choradeiras com vídeos, fofuras de bebês nas redes e essas coisas.
Fiquei um pouco calada algum tempo porque eu não tava levando muito bem essa história de ser mãe. 

"AAAAAAAAAAI QUE ABSURDO!" (com voz fina rs.)

Não me apedrejem gente, mas nem todo mundo recebe essa notícia como a The Best do mundo. E eu fui uma dessas pessoas.
Cada pessoa é uma pessoa (dã!) e reage de um jeito. No dia que eu vi duas listrinhas no exame de farmácia sem nem precisar usar a primeira urina do dia, eu caí no chororô desesperado e meu marido numa alegria louca. Foi tenso HAHAHAHA'.

"Hellen gata, na era da informação com "remedinhos e plásticos"...como que aconteceu então?"

Do jeito tradicional, gente. Normal! Sem comprimidos e sem plásticos e com a bondade de Deus!
Porque vocês sabem, né? Que tem casos que a pessoa tá ha anos tentando, fazendo sexo livre, leve e solta, dormindo com as pernas pra cima e nada de bebês.

Eu comecei a desconfiar depois de cinco dias de atraso menstrual. Embora existia o fato que a minha menstruação nunca foi regular. Na verdade, era regular nas suas irregularidades rs. Cinco dias antes ou até cinco dias depois podia descer, normal. Ah! e antes de eu casar, nos exames pré-nupciais, eu descobri que tinha água numa das trompas, o que dificultaria um pouco eu engravidar (entendam a bondade de Deus, de novo), tinha que tomar uns antibióticos pra ver se era só água mesmo ou se era alguma infecção, mas nem cheguei a tomar (porque ele diminuía o efeito do anticoncepcional e...ninguém queria isso, né? Não na lua de mééér).

Sim, esperei cinco dias, no sexto dia eu já tava procurando na internet sintomas de gravidez, morrendo de medo. Aí fiquei falando pro meu marido: "Ah amor, acho que eu tô grávida."
E ele: "Porque?", então respondi: "Porque tô com todos os sintomas: atraso menstrual, cólicas, aumento dos seios, sono excessivo, cansaço, constipação...." e tal. Aí ele disse pra mim que num tava vendo nada disso e que eu sempre gostei de dormir, vivo cansada e tenho prisão de ventre, hahahaha.
Mas amiga, você senteeeeee!

Eu ainda quis me aliviar ouvindo aquele desdenho dele com todos os meus sintomas aparentes de um dia de desconfiança, mas fiquei pensando naquilo todos os dias. Não tive mais sossego comigo mesma. 

Com o tempo fui compartilhando com algumas pessoas, as amigas do Esposa Virtuosa, perguntando o que elas achavam, será que era possível? Um descuido apenas, gente. Um dia, uma brincadeirinha... E outra, eu tenho dificuldades para engravidar...não pode ser...!

Eu tava chata pra caramba, super agressiva, não comia direito, ficava me sentindo mal e pensando: Caaaaaaara se isso for só psicológico, soy loca! Mas as palavras de príncipe me confortavam: "Que nada, tu tá normal!" Mas já estava indo pra 14 dias de atraso, meu povo! AI QUE MÊEEDA!

14 DIAS, foi o máximo de espera. Nesse dia almoçamos na casa da minha sogra e minha cunhada também, Michel pediu pra ela comprar o teste de farmácia e tal.
Geeeeeeeeente, que misto de sentimentos. Minha vida daqui pra frente decidida por esse teste tão pequeno. 

Então ela chegou com o teste, fui ao banheiro, fiz xixi no copinho e afoguei o palitinho no xixi além da marca máxima. Pensei que nem ia dar certo, porque tem que fazer com a primeira urina pra ser mais certeiro, né?
Mas quem precisa de primeira urina se você tá tão grávida que já apareceram duas listrinhas de imediado com um xixi qualquer? Ninguém.




Foi nesse momento que eu descobri que eu poderia encher todos os potes da minha casa com minhas lágrimas!
Minha cunhada foi pra casa da minha sogra contar o babado e eu fiquei afogada num choro tão sofrido que vocês não conseguiriam imaginar.
Meu marido morto de feliz me consolando, que loucuuuuuuuuuuuuuura. Depois desse momento ele teve que almoçar e ir trabalhar e eu aqui jogada, meu mundo tinha caído. Parece que eu tinha descoberto uma coisa muito ruim. À tarde meus sogros me levaram para fazer o exame de sangue, que foi sair só uns cinco dias depois por causa de um feriado. Que dias duplicadamente tensos!

E o Michel me falando: "Eu vou ficar triste, é se não tiver."
E agora Senhor!?!?!

As pessoas que sabiam que poderia ser verdade, ficavam me animando e tal. 
Mas eu só pensava no lado trabalhoso de ser mãe, que eu não ia mais viajar esse ano, que uma hora ia ter que nascer, sair por algum lugar...e a escola? e o quarto da criança? O que ele vai comer? e minha vida? Não vou mais ter vida, não vou mais dormir, não vou mais poder ir na Disney e no parque do Harry Potter.
Eu sei que são pensamentos egoístas, mas eu tinha pensado em várias coisas para os próximos cinco anos antes de ter filhos, realizar todos meus desejos infantis antes de cuidar de um baby, rs.

Foram dias muito difíceis, até mesmo depois do teste de sangue ter confirmado que eu estava sim. A ponto do meu marido super feliz dizer que preferia que eu nem estivesse mais, só do tanto que eu chorava algumas vezes (Deu até vontade de chorar agora, poxa vida :'( ). Eu não queria falar pra ninguém porque eu ficava fazendo uma cara super falsa de feliz e agradecendo: "Ah, brigada!", "Tô, tô bem." "Ahan, super feliz".

Gente, vi a importância de ter O MARIDO nessas horas. Ele foi super fofo comigo, orava comigo, conversou incansavelmente, me entendeu e me ajudou a ver as coisas de uma outra maneira. O fato de eu me sentir muito mais confiante e resolvida quanto a isso hoje, é coisa de Deus (claro) e por causa de Michel. 

Demorou um pouco e os enjôos, azias, dores...não ajudavam. Eu orei demaaaaais com raiva, ficava ameaçando e tal, falando coisas do tipo: "O Senhor que meu deu, então o Senhor que sabe. Digo nadinha." rs. Eu não confiaria em mim para tal tarefa, mas beleza.

No total, foram mais dias de tristeza, do que dias alegres, como agora.
Quando eu compartilhei com vocês, recebi tanto amor, tanto encorajamento, tantas palavras lindas...uma injeção de ânimo mesmo. (Claro que tinha que ter uma ou outra, como no instagram a menina disse: "Mal casou e já emprenhou?" Mas e daeeeeee? O "negocinho" é de quem? Seus lokus! Beijos! hahahaaha)

Hoje me sinto feliz em poder compartilhar esse momento com vocês, sei que podem ter mulheres que se identificam também com esse tipo de reação. Eu me acalmei bastante quando comecei as minhas consultas, quando fiz a ultrassom, mudei totalmente a visão que eu tinha sobre maternidade quando comecei a conversar com outras pessoas, a ler sobre isso. Muita gente tinha me dito que esse medo todo passaria, esse susto...e realmente passou. (Só ficou o medo de "parir")
Passei a me esforçar mais pra me alimentar melhor (o que não é fácil pra mim, peguei abuso de comida em geral), comecei a me importar mais com a criação do bebê, a orar por ele, a pesquisar coisas, a sonhar, a viver e aproveitar esse momento com alegria. Às vezes eu tenho umas recaídas, não vou mentir, mas já me sinto mais mãe, rs. 


Bem gente, vou parar por aqui hoje.
Tem muitas perguntas que vocês me fazem e no próximo post trago as respostas.
Se você quiser fazer alguma pergunta, pode ficar à vontade.


Eu sei que parece meio esquisito, mas foi sincero e espero que tenham gostado de entender um pouco dessa ausência, foi uma loucura. Mas agora estamos juntos por aqui firmes e fortes, certo?
Obrigada pelas orações, pelas conversas, pelo interesse. BabyWhite já se sente amado por vocês! hahaha.

Beijão meus amores e até o próximo post :*
Deus abençoe vocês.

















18 comentários:

  1. Siiim eu li todinho morrendo de sorrir (cara você é muito maluca) e fazendo cara '' óhhhhh me sentira assim tbm''.
    Parabéns Mamãe Branca eu e meu príncipe ficamos super felizes com a noticia a ponto dele dizer que queria um baby também ( ele não sabe de nada, tão inocente hihi) Enfim, oremos por essa criança para que seja abençoada e com muita saúde. Pergunta: Você já teve desejos em relação a comida estranhas? Ex: Tomate com chocolate ou algo parecido ?. bjussss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahahaha rindo a lot do teu comentário, Elayne. Obrigada.
      Depois respondo sobre os desejos, tá?
      Um abração pra você e pro seu príncipe. Beijos!

      Excluir
  2. Aêeeeeeeeeeeew, hermana o/ eu liiiiiiiiiiiiiiiiiii tudo! hahahahah :D que orgulho! kkkkk

    Que feliz por você. Doido pra levar essa criança pras partes hahahaha em especial mato + rio e coisas do tipo! hahahaha

    Beijos, fica com Deus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vaaaaaaalha...nada de fotos a la Freire. kkkkkkkk
      Eu deixo tu levar em alguns passeios, viu?
      kkkkkkkk
      Beijo Hermano

      Excluir
  3. Eu te entendo muito. Eu só tenho 1 ano e 3 meses de casada, e se eu engravidasse, acho q o meu mundo acabaria. Uma criança muda muito a vida. Mas te desejo muita sabedoria e paciência.bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada :D
      Realmente, muda muito. Mas até agora nunca vi ninguém reclamar. Sempre leio que é difícil, mas parece que tem um mini sorriso que muda tudo kkkkkkk. Vamos ver na prática agora.
      Beeijos

      Excluir
  4. A ficha caiu agora né rsrrsrs.
    Parabéns mais uma vez Hellen.
    E que sua gravidez seja saudável até o final.
    Bjoos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso Cris, acho que cai cada vez mais aos poucos.
      Améééém :D
      Beeeijos

      Excluir
  5. Oh Hellenzinha, eu me vi ai oh. Quando descobri a gravidez. Foi um susto e tanto. Mas acredita que depois que o Lucas nasceu, ai que eu comecei a viver ? Fiz umas coisas que nunca fiz quando tive tempo. Visitei lugares e fiz coisas maravilhosas com esse pacotinho agarrado em mim. Tu será uma mãe maravilhosa e não tenha dúvidas disso. E a gente pensa sempre nessas coisas, pq é normal mesmo. Se precisar de qualquer coisa, pra tirar dúvidas e tudo, estarei aqui. E estamos na espera pelo BabyWhite hahaha. Tudo lindo nessa fase. <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deixei de ser pessimista Jé, tem tanta coisa nova pra viver quando o baby nascer,não é mesmo? Lendo teu comentário tenho mais certeza ainda. Pode deixar que te procuro sim, gravei que tu me disseste que és quase uma doula! :D Obrigada por tudo <3

      Excluir
  6. Tu é doidinha,tô com pena desse bebê que foi rejeitado antes de nascer,do teu egocentrismo,ignorância,.vai procurar um psiquiatra maluca.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já tenho uns contatos pra te passar. Beijos!
      kkkkkkkkkkkk

      Excluir
  7. Quando descobri minha gravidez foi por mera curiosidade.. Minha menstruação tbm sempre foi de atrasar até 20 dias, e com 5 dias resolvi comprar o teste, Mauro sabia que ia comprar, cheguei em casa (sozinha) não me aguentei de curiosidade e fiz logo.. quase dou um treco quando vi as duas listrinhas. A gravidez não veio em um dos melhores momentos da minha relação, mais foi o que ajudou a superar essa barra.. Não senti nada minha gravidez, enjoou, desejos, essas coisas.. mais fiquei muitoooo sentimental, choravaaaaaaa com propaganda de fraldas e leite, rsrsrs.. (até hoje choro). Mais hoje já pensei como seria minha vida sem Mariana, e não consigo imaginar como seria. Ser mãe não é uma tarefa fácil, criança exige muitooo da gente, muitas noites em claro. Lembro que a cada vez que acordava para amamentar e recebia aquele sorriso mais lindo do mundo, era tudo recompesado.. Não se preocupe que Deus irá te iluminar para ser uma maravilhosa mãe.. passamos 9 meses em "treinamento".. rs big beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que lindo ler um pouco da sua experiência Paulinha, estou em treinamento de choque. Dos primeiros momentos de descoberta até agora, já passei por uma mudança louca e nem consigo imaginar o quanto ainda vou mudar. Mas tô aqui pronta pra ser capacitada por Deus pra exercer essa função tão honrosa.
      Beijos :*

      Excluir
  8. Um texto da vida real e muito humano,escrito de forma especial e engraçada que é a sua marca,sem dúvidas muitas mulheres se identificam e não sentem-se "malucas" sozinhas rsrs.
    Sou sua fã! Vc é meu lado Paty escondido (brincadeirinha :))
    Deus te ilumine sempre com sabedoria!

    ResponderExcluir
  9. O bebêwhite já se sente e é muito amado. Amiga, vou viver grudadinha no meu sobrinho(a). E ele(a) será muito mimado (a) por mim, com certeza!

    Já amo e já baby tea, e ver o rostinho deste baby. Nasce logo, mi amor ��

    ResponderExcluir
  10. Amiga, que lindo! Quero te ver de buxãao ♥ ♥ ♥
    Beijosmil:*
    http://www.blogandocomadeni.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oiii estou seguindo e gostei do seu blog, poderia fazer uma visitinha no meu blog www.espacoviciante.com e se gostar segue tbm, beeeeijos !

    ResponderExcluir

Oie, ficarei feliz com seu comentário. Deus abençoe e guarde você :D